Copy
Toledo, 09 de fevereiro 2016
Março
30
Cheios de Gratidão
Querido(s) irmão(s), que a graça e a paz do Senhor permaneça sobre a sua vida.
 
A gratidão é uma virtude que precisamos cultivar em nossos corações e deixar que o Espirito Santo nos capacite a desenvolvê-la. Ela é largamente ensinada na Palavra de Deus e é, verdadeiramente, fruto de um coração transformado por Jesus. A gratidão acontece quando olhamos para o passado remoto e recente e fazemos uma lista de todos os benefícios que o Senhor nos fez e o louvamos por isso.
O apóstolo Paulo, em suas cartas, várias vezes nos relembra sobre sermos gratos e ele mesmo, nos deixa o exemplo. Na carta aos Filipenses ele escreve:
“…Alegrei-me, sobremaneira, no Senhor porque, agora, uma vez mais, renovastes a meu ( nosso) favor o vosso cuidado…. Recebi tudo e tenho abundância; estou suprido, desde que Epafrodito me passou às mãos o que me veio de vossa parte como aroma suave, como sacrifício aceitável e aprazível a Deus. E o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir, em Cristo Jesus, cada uma de vossas necessidades…” ( grifo meu)  Filipenses 4:10; 18-19
 
Foi assim que Paulo expressou sua gratidão à Igreja dos Filipenses pelo companheirismo e parceria ministerial. A Igreja de Filipos havia enviado uma oferta para o sustento do apóstolo e foi motivo de grande alegria. Ele afirma que a oferta recebida era um sacrifício aceitável e agradável a Deus. Antes de ser uma oferta ao apóstolo era uma oferta feita a Deus. Pois é o SENHOR quem deseja que os povos o conheçam e sejam salvos.
 
Da mesma forma que Paulo foi grato a Igreja de Filipos, Benício, Janaine e eu, queremos expressar nossa gratidão pelo seu amor ao Senhor, pelo seu amor a causa de missões e pelo apoio ao Projeto Madagascar. Somos profundamente gratos pelas orações, pelos emails e pela provisão financeira, sem a qual seria impossível irmos ao campo.

  
 

Viagens/ Agenda

Durante nosso tempo no Brasil, tivemos o privilégio de  visitar as igrejas que oram e apoiam o projeto Madagascar.  Infelizmente não conseguimos visitar todas devido a falta de tempo e a chegada do Benício. Pedimos perdão para aqueles que não pudemos rever e já queremos deixar marcado para vê-los no nosso próximo retorno ao Brasil.
Ainda falta  algumas visitas para fazermos. Pedimos que orem  por elas e pelos nossos últimos dias no Brasil.  
  • 13/14 de Fevereiro- IEL BLU e Rio do Sul;
  • 19/22 de Fevereiro - Brasília- Primeira Igreja Presbiteriana de Taguatinga;
  • 26/29 de Fevereiro- Brasília-Igreja Presbiteriana Betânia;
  • 04/06 de Março- Rio de Janeiro- Igreja Batista de Nova Iguaçu; 
  • 13 de Março- Culto de Envio -IEL-Toledo;
  • 20 de Março - Culto de envio -IPR- Campo Mourão.
  • 30 de Março- Saída do Brasil.

    
 

 Retorno ao Campo

Voltaremos para Madagascar no final do mês de Março para retomarmos o trabalho entre o povo Bara. Se assim o Senhor permitir!  
Há muito o que fazer ainda e precisamos de suas orações!  
 
Creio que Deus tem um propósito para aquele povo e naquele dia, quando o Senhor voltar, certamente, veremos “Bara” convertidos ao Senhor, se alegrando na presença do Cordeiro.
                           Certamente diremos: Valeu a pena Senhor!
 
                                                   Obrigado pelo carinho e sustento,
                                                   Nossos sinceros agradecimentos e amor
                                                   Fernando, Janaine e Benício.


    

 

Motivos de Oração e Louvor

  • Louvamos ao Senhor por cada mantenedor- Obrigado por fazer parte das nossas vidas;
  • Pelos irmãos que oram incessantemente por nós, suas oracões tem feito toda a diferença em nossas vidas e ministério; 
  • Pelo nosso retorno ao campo-Orem pelos nossos vistos e chegada em Madagascar;
  • Pelos nossos familiares- Que o Senhor conforte cada um; 
  • Por fortalecimento espiritual;
  • Pela nossa saúde-Principalmente adaptação do Benício- Clima, alimentação, etc.
  • Pelo povo Bara- Que muitos cheguem ao conhecimento do Senhor;
  • Pelos planos e projetos futuros, que tudo seja feito para Sua honra e glória.
  • Por capacitação- Sabemos que nada podemos fazer se o Senhor não nos capacitar, pois, dependemos  Dele.