Visite o site do XI Congresso Brasileiro de Terapia Familiar: clique AQUI!

Queridos amigos associados de Minas Gerais,

Tenho acompanhado de perto o movimento de longa data que tem se arrastado pelos últimos anos dentro da Amitef. Como interpretá-lo? Sem idéias para isso. Apesar das fantasias que às vezes passam por nossas cabeças, sempre concluímos esperançosos.

Sabemos da boa procedência de nossos associados e também de seus nobres ideais. Porém, segundo a auto-avaliação da Regional e dos associados, o saldo fica aquém do necessário. Em sua maioria, os associados mineiros são amigos de muito tempo, de muitas jornadas e lutas: sabemos da garra e sua competência é incontestável.

O que chega à Abratef, já há alguns anos, é a impossibilidade de se gerir uma associação cuja participação efetiva de seus associados tornou-se mais história do que presença. Após inúmeros fatos e tentativas: assembléias, jornadas, pedidos, comunicados, visitas à Regional, com resultados repetidos e confirmados pelos associados mineiros, ficamos de acordo com a decisão de chamar os associados para que preparem um fechamento da atual composição da Regional.

Será que isso poderá abrir espaço para novas construções? Será que a colaboração entre as gerações poderá se efetivar? Talvez com menor sacrifício e maior ganho?  Esperançosos, estamos acompanhando vocês daqui. Torcendo mais para vocês do que para o time da Seleção.

Vocês, queridos amigos, são os representantes da Abratef em Minas Gerais. Por favor, vejam qual o melhor caminho a seguir. Façam de sua autoridade de profissional e de associado, de representante de um grupo imenso e comprometido, o que for preciso para que o espírito associativo e o espírito coletivo de pertencimento ocorra. Que os terapeutas mineiros encontrem um lugar de respeito entre seus pares e que mantenham o respeito adquirido nacionalmente, que nunca foi abalado ou questionado.

No dia 10 junho de 2014, esperamos as notícias de sua Assembléia Geral Extraordinária para a finalização da Amitef. Estaremos bem atentos aos fatos que vocês trarão para todos nós.

Estamos com vocês nesse momento duro de definição de papéis, de ações e de comprometimento. Ainda que cada um se sinta em dia com seus compromissos, a associação só sobreviverá da contínua alimentação de suas presenças e forças. Como ocorre em todas as associações.

Boa sorte. Vocês são reconhecidos por nós, colegas terapeutas, e pela Abratef.

Atenciosamente,

Marcos Naime Pontes

Presidente da Abratef 2012-2014

Copyright © 2014 ABRATEF, All rights reserved.